Edição 319Agosto 2021
Quarta, 22 De Setembro De 2021
Editorias

Publicado na Edição 318 Julho 2021

Compliance nas pequenas e médias

O conceito de compliance vem ganhando destaque dentro das empresas, pois atuar de forma alinhada não apenas com as exigências da legislação e também basear sua atuação nas melhores práticas de conformidade é algo cada vez mais valorizado no mundo corporativo. Hoje as pequenas e médias empresas também precisam estar atentas ao tema se quiserem crescer e continuar sendo fornecedoras e parceiras de outras companhias.

Para adotar o compliance não é necessário grande investimento. “É preciso quebrar esse paradigma, pois compliance é para todas as empresas. As pequenas não só podem como precisam ter programa específico, dentro da sua experiência. Compliance não é um programa enorme, que precisa de super treinamentos ou de uma pessoa que tenha estudado para isso. O bom compliance é aquele adequado a cada organização”, explica Carolina Utida, chief audit officer da certificadora CertiGov.

Para montar uma área de compliance em uma pequena ou média empresa não é necessário contratar um profissional específico; é possível começar com os próprios funcionários. Para isso, é preciso identificar pessoas comprometidas com o tema, que conheçam os principais processos da empresa e tenham um bom relacionamento com grande parte dos colegas e chefia. Outro ponto: em vez de pensar num programa de compliance amplo, o ideal é identificar qual é a área mais frágil, que possa ter um risco relevante.

Responder