Edição 308Setembro 2020
Quinta, 22 De Outubro De 2020
Editorias

Publicado na Edição 305 Junho 2020

Fotos Divulgação

Rota de Charles Darwin

Cabo Polônio: paisagem da costa atlântica no Uruguai por onde passou o pai da teoria da evolução em 1832

Rota de Charles Darwin

Uma rota repleta de conhecimento foi o legado deixado pelo naturalista britânico Charles Darwin, o pai da teoria da evolução, ao embarcar em uma aventura pelo mundo, no período de 1831 a 1836 no navio do capitão Robert Fitzroy, e acompanhá-lo na missão de mapear a costa sul-americana para atualização das cartas náuticas britânicas. Em 1832, Darwin percorreu por três meses o que hoje é o Uruguai, deixando registros em seu livro de viagens. Um dos lugares por onde passou foi Maldonado, que nas anotações de Darwin foi descrita: “Maldonado fica na margem norte do Prata, a uma curta distância da foz deste rio. A cidade é separada do rio por uma fileira de colinas arenosas com cerca de um quilômetro de largura, cercado do outro lado por uma planície ondulada coberta por uma camada uniforme de uma linda relva”.

Darwin passou pelo Parque Nacional de Cabo Polônio e mostrou as belezas que a área ainda conserva, com as características típicas da paisagem da costa atlântica uruguaia, antes do processo de transformação que começou em meados do século XX pela expansão do modelo urbano-turístico tradicional.

No “Valle del Lunarejo” o naturalista constatou a biodiversidade e beleza das cachoeiras e florestas da região. A paisagem preservada do vale está no extremo Noroeste de Rivera, próximo a Artigas e Salto. Situa-se na parte Norte do sistema da Coxilha de Haedo, que cumpre uma função de corredor biológico para o ingresso de espécies subtropicais de flora e fauna do Sul do Brasil até o território uruguaio.

A rota é finalizada em Esteros de Farrapos e Ilhas do Rio Uruguai, mais precisamente em San Javier. A cidade é o limite Norte do Parque Nacional Esteros de Farrapos e da área protegida das Ilhas do Rio Uruguai, que constitui um dos mais importantes sistemas de zonas úmidas do país. A área é caracterizada por associações de lagoas, pântanos e campos naturais, nos quais se desenvolvem matas ciliares e florestas de parque (alfarrobeiras), habitats de diversas e espécies de fauna nativa.

Dentro do parque, há uma trilha turística que parte de Puerto Viejo e atravessa cinco ambientes naturais diferentes, através dos quais a riqueza biológica e ecológica da área é detalhada, que leva até o monumento em comemoração ao centenário da chegada de Charles Darwin ao país.

San Javier, na margem Leste do rio Uruguai

Responder