Edição 275Dezembro 2017
Segunda, 18 De Dezembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 271 Agosto 2017

Acervo FAMS

80 anos no ensino público

Colégio Canadá: Gymnásio do Estado

80 anos no ensino público

Um dos mais tradicionais colégios da cidade de Santos, o Canadá, completa este mês de agosto de 2017, a marca de 80 anos de idade. Conhecido inicialmente como Gymnásio do Estado, foi criado desta forma pelo Decreto 6.601, de 11 de agosto de 1934, durante o governo de Armando Salles de Oliveira. A instituição, então, passou a funcionar em uma casa na avenida Ana Costa e logo depois ocupou uma pequena parte no andar térreo do Grupo Escolar “Dr. Cesário Bastos”. Foi quando, em agosto de 1937 transferiu-se para o prédio atual, construído pela Prefeitura de Santos em um terreno cedido pela Companhia City of Santos Improvments que, na época, tinha sua sede no Canadá. Daí a homenagem de rebatizar a escola com o nome daquele país norte-americano.

Nas décadas de 1950 e 1960, o Canadá mantinha elevado padrão de ensino, nivelando-se às melhores escolas particulares. Seus professores eram considerados os mais rigorosos da cidade e, normalmente, eram os autores dos livros didáticos utilizados em sala de aula. Na seleta lista de docentes, havia grandes nomes, como o de Sylvio Andraus, professor de Matemática, e Edésio Del Santoro. O colégio ingressava novos alunos apenas pelo sistema de vestibular, com obrigatoriedade do conhecimento de línguas, como o francês e o latim.

Em 1957, o então governador Jânio Quadros transformou o Colégio Canadá em Escola Normal.

Em março de 1992, a escola foi escolhida pelo Governo do Estado para iniciar um programa inédito chamado “Escola-Padrão”. Em 1994, o colégio reunia cerca de 1800 alunos, que estudavam em três períodos.

Em 1998, o colégio passou por ampla reforma, depois de diversas denúncias formuladas pelos grêmios estudantis.

No ano 2000, o Canadá introduziu a informática em seu currículo, instalando um laboratório apropriado, com cinco microcomputadores. Este ano marcou também a criação da Associação dos Ex-Alunos, iniciando sua atuação com 30 integrantes.

Conheça o trabalho desenvolvido pela Fundação Arquivo e Memória de Santos: acesse o site www.fundasantos.org.br