Edição 328Maio 2022
Quinta, 30 De Junho De 2022
Editorias

Publicado na Edição 323 Dezembro 2021

Pets na praia e saúde pública

Pets na praia e saúde pública

Com o pet na praia: tomando sol e fazendo exercícios

Nossos queridos pets poderão frequentar a areia da praia de Santos, conforme projeto de lei aprovado pela maioria dos vereadores e que aguarda regulamentação do prefeito Rogério Santos. Seria fácil para este articulista estar ao lado dos que concordam, pessoas que gostam de compartilhar bons momentos com seu pet, tomando sol e fazendo exercícios, desfrutando o verdadeiro companheirismo entre homem e animal. Entendo, contudo, que esses momentos mágicos podem acontecer em praças delimitadas, que devem ser estimuladas não somente na Zona Leste da cidade assim como na Zona Noroeste e morros.

A questão das fezes é crucial. Muitos amantes dos animais quando saem com seu pet as recolhem. Um pequeno número, porém, não age desta maneira, deixando os logradouros sujos, inclusive a praia. No caso da aprovação da nova lei, quem ficará encarregado de fiscalizar a areia durante a noite? Vamos sobrecarregar a Polícia Militar ou a Guarda Municipal? Outra situação refere-se aos moradores em situação de rua, que já frequentam a orla e grande parte tem animais: será que eles vão obedecer as regras?

Pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP) mostrou que a areia da praia de Santos apresenta resíduos de remédios e substâncias tóxicas que podem afetar a saúde dos nossos pets. Assim, com a circulação de pets de forma indiscriminada, é possível ocorrer um aumento dos casos de dermatites, otites e conjuntivite em nossos amigos. Segundo os dermatologistas, também poderemos ter aumento de problemas nos seres humanos.

Com médico veterinário e sanitarista vejo problemas na nova lei, pois nossas praias também são muito frequentadas por idosos que precisam se exercitar e tomar sol. Crianças pequenas e praticantes de atividades físicas também utilizam as praias. Como controlar um cão de grande porte correndo no início da noite atrás de uma bola de futebol ou de tênis de praia? Como proteger as crianças que brincam na areia da praia? Como evitar que os dejetos dos animais acabem alcançando o mar? Reitero que as praças delimitadas são a solução para integrar homens, animais e meio ambiente.

. O convívio diário com gatos e cães ajuda a aliviar sintomas relacionados à solidão e sentimento de isolamento, diminuindo os níveis de estresse e aumentando os hormônios que trazem a sensação de felicidade e bem-estar nos seres humanos. Pesquisas demonstram que a presença de pets em casas onde há crianças, por exemplo, pode causar efeitos positivos no desenvolvimento cognitivo e aprendizado de vocabulário. Estudo da Mars Petcare relacionou alguns benefícios: seu cão pode te ajudar a ter hábitos mais saudáveis; os pets contribuem para a nossa saúde mental; seu pet também tem necessidades emocionais; pets são companheiros, mas exigem compromisso.

Responder