Edição 308Setembro 2020
Domingo, 25 De Outubro De 2020
Editorias

Publicado na Edição 242 Março 2015

Murray - Advogados

O advogado e a Democracia

Murray Neto: “Esta é uma profissão que deve ser muito valorizada pela sociedade”

O advogado e a Democracia

Alberto Murray Neto

Em 2015 nosso escritório foi contemplado, novamente, com um importante reconhecimento internacional. A relevante publicação britânica Latin Lawyers incluiu nossa Banca, mais uma vez, dentre as mais recomendadas do país. Isso é fato de muito orgulho e responsabilidade para nossa equipe. O Brasil possui excelentes advogados e estar listado entre eles, modestamente, é motivo de felicidade. As avaliações da Latin Lawyers são feitas a partir de pesquisas de mercado, no Brasil e no exterior, com empresas que contratam profissionais do direito em nosso país. Essas marcas positivas somente são possíveis quando há excelência de serviços, mas, essencialmente, quando se adquire o respeito dos colegas, por meio de atitudes éticas e coerentes. Por isso, ao mesmo tempo em que somos muito gratos aos nossos clientes, também o somos aos nossos admiráveis colegas advogados.

O Brasil vive um clima de ebulição política e social. O povo, representando várias vertentes da sociedade, tem ido às ruas manifestar-se. Isso é fundamental para uma Democracia vibrante. Não importa se contra, ou a favor, é relevante ver manifestações de rua pacíficas em um país onde a Democracia já teve tantos hiatos. A maioria das manifestações é para protestar contra lamentáveis atos de corrupção que temos presenciado. É de extrema relevância que os poderes atuem com total isenção e independência para que o devido processo legal seja seguido e que seja garantido aos réus o direito ao amplo contraditório, que são garantias constitucionais. Todos queremos o fim da corrupção e a punição daqueles que forem julgados culpados. E, para que isso ocorra, deve haver o cumprimento do devido processo legal. Os advogados são essenciais para a garantia da observância da Constituição e do direito de defesa, que são, também, pilares da Democracia. Sem advogado não se consolida uma Democracia, um Estado de Direito legítimo, pelo que esta é uma profissão que deve ser muito valorizada pela sociedade. O advogado cura o mal social. Por isso, nesta fase de “passar o Brasil a limpo”, a função do advogado será sempre indispensável, para que o Brasil não se afaste nunca mais da Democracia.

Alberto Murray Neto é advogado do escritório Murray – Advogados, de São Paulo.

Responder