Edição 313Fevereiro 2021
Domingo, 28 De Fevereiro De 2021
Editorias

Publicado em 13/02/2021 - 7:01 am em | 0 comentários

Divulgação

“Uma Jornada Adolescente”, 50 anos de história da Sodiprom e de Diadema

Entidade distribuirá livros em bibliotecas públicas

“Uma Jornada Adolescente”, 50 anos de história da Sodiprom e de Diadema

Nascida da inspiração de um juiz de Direito, fomentada por um corpo de voluntários e mantida com o esforço de empresários locais, a Sociedade Diademense de Proteção ao Menor (Sodiprom) completa 50 anos. Entidade assistencial, oferecendo treinamento e encaminhamento de meninos e meninas para as empresas via programas “Jovem Aprendiz”, ganhou um presente em seu Jubileu de Ouro, que pretende dividir com todo o ABC paulista: o livro “Uma Jornada Adolescente”, cujo lançamento ocorreu ontem, com poucas pessoas em razão da pandemia e do distanciamento social.

A Sodiprom conseguiu reunir alguns de seus 131 parceiros tradicionais para apoiar a edição de um livro, capa dura, 4 cores, 180 páginas. Dessa história saíram protagonistas para o primeiro emprego 20 mil alunos, entre bombeiro, operários, profissionais liberais, empresários bem-sucedidos e um juiz de Direito. Vinculada ao Rotary Club de Diadema, tem administração exemplar e sempre muito transparente, publicando demonstrativo financeiro em jornal local, inclusive.

“Após 50 anos de relevantes serviços em prol da comunidade de Diadema, fomos honrados com a publicação do livro, cuidadosamente organizado pela Sandra Mimoto e escrito pelo jornalista Nelson Tucci. Ao final, esta grande contribuição é de muitos amigos que nos apoiam e são parte desta história”, comenta Waldir Lixandrão, o gestor que nos últimos oito anos tem se dedicado em tempo integral ao funcionamento da Casa, que, além de treinamento profissional (inclusos informática e procedimentos administrativos), roupa e alimentação, oferece assistência médica, odontológica e social.

A obra, que traz as histórias do sr. Salvador e de dona Neide, além de traçar um paralelo com o crescimento da própria cidade (já que o município tem apenas 11 anos a mais), trata também de futuro, não sem antes contar ricas passagens no Fórum, a sensibilidade do juiz Álvaro Galhanone e de tantos outros personagens, como a dona Alda (que dá nome à avenida no centro da cidade). Entre José Baraldi, o primeiro, e Marcelo Biagioni, o 12º e atual presidente, têm histórias pessoais, de famílias, e um testemunho escancarado de como fazer uma entidade social dar certo.

“Eu tenho muito orgulho de ter sido convidada a coordenar esse trabalho, retratando a história de uma entidade fantástica, com alto poder de inserção e acolhimento junto a camadas vulneráveis da sociedade. E o que salta aos olhos é o trabalho de preparação para a vida que a Sodiprom realiza, não apenas profissional, oferecendo noções claras de cidadania a todos os alunos e aprendizes; daí o alto reconhecimento da sociedade local”, comenta Sandra Mimoto, CEO da Ampliart e Coordenadora do projeto “Uma Jornada Adolescente”.

O jornalista Nelson Tucci é formado pela Universidade Metodista de São Bernardo do Campo e iniciou sua carreira profissional no Diário do Grande ABC (onde atuou por sete anos, vindo a trabalhar junto com Luiz Carlos Ferraz, atual editor do Perspectiva, de quem se tornou amigo) e, portanto, sentiu-se muito à vontade para registrar tantos bons acontecimentos que, somados, transformaram-se em um grande case de sucesso – servindo de exemplo a empresas, empresários, trabalhadores e demais voluntários Brasil afora.

Responder