Edição 327Abril 2022
Quinta, 26 De Maio De 2022
Editorias

Publicado em 28/10/2021 - 10:30 am em | 0 comentários

Divulgação

Ubots ganha o 1º lugar em Customer Service no 100 Open Startups 2021

Time Ubots: 42º lugar no top 100

Ubots ganha o 1º lugar em Customer Service no 100 Open Startups 2021

A Ubots, startup gaúcha especializada em atendimento digital por meio de chatbots, ganhou o 1º lugar no ranking 100 Open Startups 2021 – plataforma que mede as startups que mais fazem open innovation com empresas no Brasil –, na categoria de Customer Service. Em 2020, a startup ocupou o 2º lugar na mesma categoria.

Selecionada como uma das 10 startups mais atraentes do mercado, no ranking geral, a Ubots ocupa o 42º lugar no top 100. “Para nós é um reconhecimento muito grande na área em que atuamos, o que reafirma o trabalho que estamos desenvolvendo e a relação incrível que desenvolvemos com nossos clientes e fornecedores, o que revela o quanto somos atrativos para o mercado”, comenta o CEO Rafael Souza.

Fundada em 2016, a Ubots surgiu da vontade de utilizar a tecnologia para facilitar a comunicação de grandes empresas com seus clientes. Para otimizar esse resultado, utiliza plataforma própria desenhada para cenários de atendimentos, tanto para uso de agentes humanos, chatbots ou atendimento híbrido, quanto utiliza inteligência artificial. A startup possui clientes no Brasil, Peru, Chile e já participou de programas de aceleração, como Scale Up Endeavor, Bndes Garagem, StartOut Brasil, WesterWelle Foundation, Cubo do Itaú, entre outros.

Existem alguns critérios que tornam as startups elegíveis para participar da classificação, entre os quais, não ter recebido mais de R$ 10 milhões em investimento direto e não ser controlada por grupo econômico, mas sim por empreendedores. Além disso, as jovens empresas devem se encaixar em uma das 20 categorias com mais densidade de negócios. Ao todo foram mais de 18 mil startups inscritas.

Em 2020, a Ubots teve um crescimento de 103% no seu faturamento. Além disso, em um ano, aumentou o time tech em 69%, de 26 colaboradores para 44.

Responder