Edição 292Maio 2019
Quinta, 23 De Maio De 2019
Editorias

Publicado em 23/04/2019 - 7:55 am em | 0 comentários

Divulgação

Tecon Santos ampliará terminal na margem esquerda do porto

Modernização permitirá a atracação simultânea de até três navios de 366 metros

Tecon Santos ampliará terminal na margem esquerda do porto

A Santos Brasil celebrou contrato com a construtora Axxo para realizar as obras de ampliação do cais do terminal de contêineres Tecon Santos, localizado na margem esquerda do porto de Santos. Com investimentos de cerca de R$ 150 milhões, o cais acostável do terminal será ampliado em 220 metros e passará a ter 1.510 metros, proporcionando a capacidade de receber simultaneamente até três navios New Panamax (366 metros), em 1.200 metros de cais, e mais um navio no TEV (Terminal de Veículos), que permanecerá com 310 metros de cais.

Com duração estimada em 18 meses, a obra foi planejada para que não tenha interferência na operação ou limitação de capacidade do terminal e gerará 600 empregos diretos e outros 850 indiretos.

O atual ciclo de investimentos no Tecon Santos começou em 2018, com uma primeira fase de aquisições de equipamentos, no montante de cerca de R$ 100 milhões: dois guindastes de cais STS (ship-to-shore cranes) de última geração, 30 reboques e 30 terminal tractors para a movimentação de cargas no pátio, equipamentos com capacidade para 65 toneladas, podendo transportar até dois contêineres cheios de 20 pés.

A previsão da empresa é investir aproximadamente R$ 300 milhões no terminal entre 2018 e 2019. Além dos R$ 150 milhões nas obras do cais, até o final do ano serão investidos ainda cerca de R$ 10 milhões em tecnologia da informação e cerca de R$ 40 milhões em outros serviços de cais.

O projeto total de modernização do Tecon Santos prevê investimentos de R$ 1,3 bilhão. Aumenta a eficiência operacional, a eficiência energética, a velocidade e o fluxo da operação e amplia em ao menos 20% a capacidade de movimentação do terminal, de 2 milhões de TEU (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) para 2,4 milhões de TEU/ano. Possibilitará o atendimento de maneira eficiente da demanda prevista para o porto, com a chegada de novos navios New Panamax, capazes de transportar até 12.500 TEU.

De acordo com Antonio Carlos Sepúlveda, presidente da Santos Brasil, o projeto está sintonizado com a logística do futuro, que exige ganhos de escala e altíssima produtividade: “Com os novos investimentos, o Tecon Santos, que já é uma referência na movimentação de contêineres, trará ainda mais competitividade ao comércio exterior brasileiro”.

A Santos Brasil é prestadora de serviços portuários e logísticos completos, do porto à porta. Listada no novo mercado da B3, foi criada há 20 anos para operar o Tecon Santos, e já investiu R$ 4,8 bilhões, calculados a valor presente, em aquisições, expansões, novos equipamentos, tecnologia e recursos humanos. A companhia opera mais dois terminais de contêineres – Vila do Conde/PA e Imbituba/SC, um terminal de carga geral (TCG Imbituba) e um terminal de veículos (TEV) no Porto de Santos. Conta com uma operadora logística, a Santos Brasil Logística, que atua de forma integrada aos terminais.