Edição 311Dezembro 2020
Quarta, 20 De Janeiro De 2021
Editorias

Publicado em 10/12/2020 - 7:00 am em | 0 comentários

Isabela Carrari/PMS-Secom

Santos anuncia restrições que vigorarão na orla durante o réveillon

Del Bel: “Segurança sanitária das pessoas”

Santos anuncia restrições que vigorarão na orla durante o réveillon

Santos adotará medidas restritivas no dia 31 de dezembro, na orla da praia, como forma de evitar aglomerações e combater a pandemia. As ações seguem orientações das autoridades sanitárias e da Polícia Militar e têm como foco proteger a saúde e dar segurança à população.

O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa no 6º Batalhão de Polícia Militar do Interior (6º BPMI), no Gonzaga, concedida pelo secretário de Segurança, Sérgio Del Bel Jr., o tenente coronel PM César Augusto Sampaio Terra e a chefe do Departamento de Vigilância em Saúde, Ana Paula Valeiras, da secretaria municipal de Saúde.

As restrições atingem o horário de montagem de barracas e o funcionamento do comércio ambulante e quiosques. Os canais e passarelas de acesso serão isolados com gradis (ver relação abaixo). O descumprimento das medidas acarretará em multas, apreensões de mercadorias e até a suspensão da licença.

Toda a extensão da orla contará com reforço na fiscalização na noite do dia 31 e madrugada de 1º de janeiro. A Guarda Municipal atuará em toda a extensão da praia e mobilizará cerca de 140 agentes, 12 viaturas, equipe de drones, base de monitoramento, além de motocicletas e quadriciclos.

A virada do ano também contará com o patrulhamento de 340 policiais militares da Operação Verão, a ser iniciada no próximo dia 21.

“Nossa preocupação é com a segurança sanitária das pessoas. No dia seguinte, mediante autorização da Polícia Militar e avaliação das demais autoridades envolvidas no esquema de segurança, os permissionários poderão voltar a funcionar normalmente. Pedimos a colaboração das pessoas que evitem, ao máximo, ir à praia. Nossas gerações jamais enfrentaram uma situação dessas. Ter essa consciência é um exercício de cidadania”, afirmou Del Bel, ao ressaltar que o uso de máscaras será fiscalizado e, em caso de necessidade, será aplicada multa. 

O tenente-coronel Terra disse que “as medidas consideram o decreto estadual, que prorroga a quarentena e reclassifica Santos para a fase amarela”.

Ana Paula reforçou o apelo à população: “Apesar de Santos ter uma estrutura na saúde que consegue atender todos os munícipes, precisamos que a população nos ajude e faça a sua parte, pois os indicadores da doença estão elevados. Pedimos que as pessoas não comparecem à praia, que evitem aglomerações e tenham consciência de que precisamos combater a doença com medidas sanitárias, com uso de máscara, álcool em gel e distanciamento de 1,5 m, no mínimo, entre as pessoas, para evitar que o número aumente”.

No dia 31, também não será permitida a entrada de vans e ônibus de turismo na cidade. A Administração Municipal já havia suspendido a tradicional queima de fogos nas praias na virada do ano.

Durante janeiro também não será permitida a realização de qualquer tipo de evento e montagem de estruturas para divulgação de produtos. “Essas ações estarão suspensas em nossas praias, com base em orientação técnica da área da saúde e em decisão colegiada entre a Polícia Militar e a Prefeitura”, disse Del Bel Jr.

Estas são as medidas:

– Proibida a montagem de barracas de praia de associações e outras de qualquer tipo ou modelo, inclusive tendas 3×3, a partir das 19 horas;

– Ambulantes não poderão permanecer na praia, faixa arenosa e calçada e do outro lado da avenida a partir das 19 horas;

– Quiosques devem ser fechados às 19 horas. Serviços de delivery também serão proibidos após as 19 horas;

– Canais e passarelas de acesso dos canais serão isolados com gradis;

– O trânsito de veículos na orla não será interrompido;

– Será mantida a iluminação nos jardins e na faixa arenosa da praia até o amanhecer.

Responder