Edição 271Agosto 2017
Domingo, 24 De Setembro De 2017
Editorias

Publicado em 25/02/2017 - 11:52 am em | 0 comentários

Divulgação

Parque Nacional do Caparaó é reaberto hoje com restrições

Só tem acesso ao parque os visitantes que apresentarem a carteirinha de vacinação contra a febre amarela

Parque Nacional do Caparaó é reaberto hoje com restrições

O Parque Nacional do Caparaó, na divisa dos estados de Minas e Espírito Santo, está sendo reaberto hoje ao público com acesso restrito às pessoas que apresentarem documento oficial de imunização contra febre amarela, conforme estabelece portaria do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão responsável pela gestão das unidades de conservação federais.

A visitação no parque havia sido suspensa no início do mês como medida preventiva para resguardar a saúde da população por causa do surto de febre amarela que atinge a região. No entanto, diante dos apelos de vários segmentos da comunidade local, que se sentiam prejudicados com a queda das atividades de ecoturismo após o fechamento da unidade, o acesso foi liberado com a restrição prevista na portaria, ou seja, só entra quem apresentar a carteirinha de vacinação da febre amarela devidamente atualizada.

Segundo comunicado da Diretoria de Criação e Manejo de Unidades de Conservação (Diman) do ICMBio, a verificação e validação das informações do documento de vacinação serão feitas pelas secretarias municipais de Saúde de Alto Caparaó (MG) e Dores do Rio Preto (ES) nos acessos aos atrativos do parque pelas portarias de Alto Caparaó (MG) e Pedra Menina (ES), respectivamente.

O acerto foi feito pela gestão da unidade em reunião com os prefeitos de Alto Caparaó e Dores do Rio Preto, que se comprometeram a apoiar o parque indicando técnicos da área de saúde para fazer a conferência dos cartões de vacinação, até que a situação esteja oficialmente normalizada em relação ao risco de contaminação pelo vírus da febre amarela na região.

A Diman destaca, ainda, que a parcela da população que não pode ser vacinada (idosos acima dos 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam crianças de até seis meses, pacientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas, entre outros) não terá permissão para entrar no parque enquanto durar a portaria com as restrições.

A diretoria faz questão de enfatizar que a decisão de abrir o parque, com as restrições, busca conciliar a saúde das pessoas com a reivindicação da comunidade do entorno do parque que têm reclamado muito do impacto negativo que o fechamento da unidade vem causando à cadeia produtiva do turismo local.

A principal orientação é que o turista não se dirija à região do Parque Nacional do Caparaó sem que esteja devidamente imunizado contra a febre amarela (inclusive aqueles que precisam tomar a segunda dose). Os turistas são sempre muito bem vindos, mas devem se preocupar com a vacinação e o uso de repelentes, este último como mecanismo menos efetivo, mas necessário.

Também é importante a orientação sobre os macacos que, assim como os humanos, não transmitem o vírus. Pelo contrário, são vítimas da doença. Ao serem contaminados, os primatas cumprem a função de “sentinela”, ou seja, alertam para o surgimento da doença e por onde o vírus está se dispersando na paisagem. Por isso, em vez de molestados, devem ser preservados.

Durante o período de carnaval e nos finais de semana enquanto durar a restrição, a conferência da documentação da vacinação será feita pelos profissionais da saúde nas portarias de Alto Caparaó (MG) e Pedra Menina (ES), sendo obrigatória, também, a apresentação de documento pessoal com foto e o cartão de vacinação.

Durante os dias de semana, os visitantes, antes de se dirigir às entradas do parque, deverão comparecer, primeiro, aos postos de saúde de Alto Caparaó (MG) e Pedra Menina (MG), onde, após verificação, receberão Comprovante de Autorização de Acesso, documento nominal, individual e datado, que deverá ser apresentado nas portarias da unidade de conservação, juntamente com o documento pessoal com foto.

Mais informações:

. O parque permanecerá aberto para visitação das 7 às 12 e 13 às 18 horas.

. Os postos de saúde de Alto Caparaó (MG) e Pedra Menina (ES) funcionam de segunda à sexta-feira das 8 às 17 horas.

. Telefones úteis:

Parque Nacional do Caparaó:

(32) 3747-2086 – Portaria de Alto Caparaó – MG

(28) 3559-3096 – Portaria de Pedra Menina – ES

Posto de Saúde de Alto Caparaó – MG:

(32) 3747-2627/2189

Posto de Saúde de Pedra Menina, Dores do Rio Preto – ES:

(28) 3559 3026/306