Edição 308Setembro 2020
Segunda, 26 De Outubro De 2020
Editorias

Publicado em 5/10/2020 - 7:08 am em | 0 comentários

Divulgação

Já faltam caminhões novos

Balanço da Fenabrave indica que há gargalo na produção

Já faltam caminhões novos

Nelson Tucci

A leitura do setor tem de ser feita mês a mês e analisado cada item, de forma cuidadosa, para que ninguém possa se enganar. Na última sexta-feira, 2, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) divulgou balanço dos emplacamentos (que traduzem as vendas efetivas) de setembro e do acumulado do ano. Somando-se automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, as vendas ao varejo (saídas diretamente das redes concessionárias) cresceram 9,55% sobre o mês de agosto. Comparando-se setembro de 2020 contra o mesmo mês do ano passado, o volume representa retração de apenas 2,5%.

O volume total, em setembro, é de 328.233 veículos, contra os 299.628, no mês anterior. Já no acumulado do ano (jan-set) foram emplacados 2.132.549 veículos, o que representa retração de 27,77%, na comparação com o mesmo período do ano passado (2.952.347 unidades). Mas quando analisado somente o mês de setembro, a retração é de apenas 2,5%, o que indica que o mercado já opera em níveis de venda pré-pandemia.

“A cada mês que passa, conseguimos observar que o mercado vem retomando os volumes e se readequando ao que se convencionou chamar de ‘novo normal’. Tanto que, apesar de ter o mesmo número de dias úteis de agosto (21), o volume de setembro foi mais elevado”, comemora Alarico Assumpção Júnior, presidente da federação.

Leia mais em www.veiculosenegocios.blogspot.com.br

Veículos & Negócios é publicada mensalmente na versão impressa do jornal Perspectiva e atualizada semanalmente no blog.

Divulgação

Resumo mensal de setembro: 328.233 veículos

Responder