Edição 304Maio 2020
Sábado, 06 De Junho De 2020
Editorias

Publicado em 7/04/2020 - 7:11 am em | 0 comentários

Divulgação

Governo de São Paulo recua e cancela reabertura das lojas de autopeças

Atendimento pode ser feito em delivery ou drive-thru

Governo de São Paulo recua e cancela reabertura das lojas de autopeças

Depois de autorizar a reabertura das lojas de autopeças, o governo do Estado voltou atrás e cancelou a medida. A permissão de funcionamento havia sido dada por meio da deliberação nº 8, em 3 de abril, publicada na página 41 do Diário Oficial do Estado, edição de sábado, 4 de abril. Contudo, no final do dia, o governador João Doria informou pelo Twitter o cancelamento da deliberação. Em edição suplementar também de sábado, o Diário Oficial inseriu no alto da primeira página o cancelamento:

“Deliberação nº 9, de 4 de abril de 2020, do Comitê Administrativo Extraordinário Covid-19, de que trata o artigo 3° do Decreto n° 64.864, de 16 de março de 2020. Torna sem efeito em todas as Secretarias publicadas a Deliberação nº 8, de 3 de abril de 2020, deste Comitê Administrativo Extraordinário Covid-19, de que trata o Artigo 3° do Decreto n° 64.864, de 16 de março de 2020”.

A orientação do Sincopeças-SP é para que os empresários respeitem o Decreto nº 64.864, que determina o funcionamento das lojas de autopeças de portas fechadas, com atendimento delivery ou drive-thru até as próximas deliberações do governo. Caso a quarentena seja prorrogada, também será prorrogada a determinação de trabalhar de portas fechadas.

O Sincopeças-SP entende que há uma crise gerada na saúde e a prioridade é tratar das pessoas, cabendo aos governos socorrer empresas e trabalhadores com recursos, isenções e financiamentos subsidiados que sejam suportáveis e complementando renda aos mais desassistidos, tanto que o Sincopeças-SP, juntamente com a FecomercioSP, já vem pleiteando financiamentos a juros zero para as empresas junto aos governos estadual e Federal.

Responder