Edição 294Julho 2019
Quinta, 22 De Agosto De 2019
Editorias

Publicado em 19/07/2019 - 7:44 am em | 0 comentários

Reprodução

Escoteiros brasileiros participarão de acampamento mundial nos EUA

Jamboree Mundial reunirá cerca de 50 mil pessoas

Escoteiros brasileiros participarão de acampamento mundial nos EUA

Jovens e adultos de todo o Brasil participarão do 24° Jamboree Mundial Escoteiro (World Scout Jamboree), que acontece na Summit Bechtel Reserve, na Virgínia do Oeste, EUA, a partir de segunda-feira até 2 de agosto. Mais de 1,400 brasileiros participarão da atividade, sendo o maior contingente brasileiro a participar de um Jamboree Mundial na história.

São 1,117 jovens entre 14 a 17 anos completos, 152 adultos que comporão a Equipe de Serviço Internacional, 127 adultos educadores e 47 membros da equipe de suporte ao contingente brasileiro. Para Lidia Ikuta, coordenadora do Contingente Brasileiro, a participação no Jamboree Mundial é uma oportunidade única para os jovens, que além de participarem de grandes atividades, realizam um intercâmbio cultural com escoteiros de todo o mundo: “O Jamboree Mundial é, acima de tudo, um evento educacional que reúne os jovens do mundo para promover a paz , a compreensão mútua e desenvolver habilidades de liderança, que serão levadas para toda a vida”.

O evento contará com diversas atividades educacionais e de aventura ao ar livre, com foco em compreender melhor e desenvolver os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). Jovens de 14 a 17 anos, vindos de 152 países, têm o desafio e o intercâmbio com novas culturas como objetivos do programa educativo do Movimento Escoteiro. Ancorado sob o tema “Descobrindo um Novo Mundo”, o evento convida a todos para novas aventuras, novas culturas e novas amizades.

O tema foi originalmente concebido por representantes de jovens dos três países anfitriões (Estados Unidos, Canadá e México), buscando manter-se fiel às tradições de conservação e atividades ao ar livre. Um jamboree no Novo Mundo é um jamboree que abraça a crescente tendência de desenvolvimento de liderança e cidadania global que o escotismo tem cultivado.

De São Paulo irão participar 578 escoteiros, entre jovens e adultos. Os jovens irão se dividir em grupos menores, de nove participantes, para participarem juntos de todas as atividades de intercâmbio cultural com os demais escoteiros de todo o mundo, como cozinhar, montar o próprio acampamento, atividades de lazer, cultura, religião, entre outras, orientadas pelo programa proposto pela Organização Mundial do Movimento Escoteiro.

O Jamboree Mundial é o maior acampamento do Movimento Escoteiro e acontece a cada quatro anos em um país diferente. Para acompanhar participação dos brasileiros a cobertura será feita pelas redes sociais oficiais dos Escoteiros do Brasil.

Jamboree Mundial em números:

. A reserva onde o acampamento vai acontecer, Na Virgínia do Oeste tem mais de 4,000 hectares de área em meio à natureza;

. Mais de 150 países de todo o mundo estarão representados por mais de 45,000 jovens e mais de 9,000 voluntários;

. A edição anterior, que aconteceu no Japão, teve cerca de 33,600 participantes no total. A edição dos EUA espera mais de 20,000 pessoas a mais;

. Esta é a 24° edição do acampamento mundial, que aconteceu pela primeira vez em Londres, na Inglaterra, em 1920, há quase um século.

O escotismo é o maior movimento educacional jovem, que engaja milhões de jovens a serem cidadãos ativos e criarem impacto positivo nas comunidades em que estão envolvidos. A Organização Mundial do Movimento Escoteiro é composta por mais de 50 milhões de escoteiros conectados por meio de uma fraternidade global que envolve Organizações Nacionais Escoteira em mais de 170 países. Foi fundado em 1907 na Inglaterra por Baden-Powell e conta com a colaboração voluntária de jovens e adultos em prol da educação, tendo como principal característica o envolvimento das famílias na rotina de aprendizado. O Movimento Escoteiro acredita que, por meio da proatividade e da preocupação com o próximo e com o meio ambiente, é possível formar jovens empenhados em construir um mundo melhor, mais justo e mais fraterno.

No Brasil, a Escoteiros do Brasil foi criada em 1924 como uma associação sem fins lucrativos que desenvolve trabalhos de educação continuada de crianças e jovens, valorizando o equilíbrio ambiental e o desenvolvimento social na formação de cidadãos conscientes e atuantes. Conta com mais de 100 mil registrados em todo o país, dos quais 25 mil são voluntários adultos.

É reconhecida como de utilidade pública por meio do Decreto Federal nº 3.297/17 e como instituição de educação extraescolar pela Lei nº. 8.828/46. Para se juntar como jovem é preciso ter entre 6,5 e 21 anos. Essa faixa etária compreende quatro ramos distintos: lobinho (6,5 aos 10), escoteiro (11 aos 14), sênior (15 aos 17) e pioneiro (18 aos 21). A partir daí a atuação se dá como adulto voluntário, sem limite de idade.