Edição 327Abril 2022
Terça, 17 De Maio De 2022
Editorias

Publicado em 27/10/2021 - 6:59 am em | 0 comentários

Francisco Arrais/Secom-PMS

Condesb aprova selo para circulação de veículos de turismo entre as cidades

Deliberação foi tomada durante sessão virtual

Condesb aprova selo para circulação de veículos de turismo entre as cidades

A criação do Selo Metropolitano de Turismo, com o objetivo de facilitar a circulação de ônibus e micro-ônibus de turismo entre as cidades da Baixada Santista, foi aprovada pelos integrantes do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb). A deliberação foi tomada na manhã de ontem, durante sessão virtual do órgão, que é presidido pelo prefeito de Santos, Rogério Santos.

O selo será válido para viagens de um dia ou pernoite, que integrem duas ou mais cidades da região. Por meio de cadastro em uma plataforma on-line, exclusiva para agências de turismo regulares cadastradas no país e certificadas pelo Cadastur, as companhias poderão submeter a rota que desejam seguir à aprovação dos municípios, extinguindo a necessidade de solicitar autorização à cada cidade, individualmente. Outro benefício para as agências é a isenção de taxas de entrada e circulação.

“Com certeza, o selo vai contribuir muito com o turismo regional, que tende a aumentar a partir de agora, diante dos números positivos da vacinação e da flexibilização das medidas em relação ao coronavírus”, disse Rogério. A decisão visa o estímulo do turismo na região de forma ordenada e qualificada. Além disso, também contribuirá com o aumento do consumo em equipamentos turísticos e comércio, movimentando a economia regional.

O selo foi desenvolvido pela Câmara Temática de Turismo da Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem), à qual caberá a disponibilização da plataforma e a definição da data de início do programa.

As companhias deverão se cadastrar na plataforma informando dados em relação à empresa, como o número de registro no Cadastur e CNPJ, e a respeito do responsável pela agência, como nome completo e CPF. Após aprovada, cada companhia receberá o próprio login e senha para facilitar a realização das próximas solicitações.

As datas de ida e volta do veículo, local de hospedagem (em caso de viagens que durem mais de um dia), cidades pela qual passará e pontos turísticos a serem visitados serão parte dos dados exigidos pela plataforma no momento da solicitação. Os órgãos responsáveis pelo turismo de cada cidade poderão avaliar o pedido e aprovar ou não a solicitação.

Após a aprovação, será emitido um selo em formato de QR Code, a ser afixado na parte externa do veículo. De forma prática, com o telefone celular apontado para o código, fiscais das nove cidades da Baixada poderão conferir se a documentação da agência responsável pelo tour está válida, se houve aprovação da rota, origem do veículo, entre outras informações, e assim, tomar as providências para cada situação.

Responder