Edição 305Junho 2020
Domingo, 05 De Julho De 2020
Editorias

Publicado em 4/02/2020 - 7:14 am em | 0 comentários

Divulgação

Comunidade Portuária vota planos para o Port Community Systems

Encontro na ACS aprovou 11 propostas

Comunidade Portuária vota planos para o Port Community Systems

Os primeiros passos para implantar o sistema tecnológico de integração de dados do comércio marítimo, chamado Port Community Systems (PCS), no Porto de Santos, foram dados em reunião ocorrida ontem na Associação Comercial de Santos (ACS). O projeto visa reduzir o tempo e o custo das exportações e importações nos portos brasileiros.

De acordo com o coordenador da Câmara de Agentes de Carga da ACS, Noslen Botelho, o grupo de trabalho definiu quais temas serão priorizados para o desenvolvimento e implantação da plataforma: “De início foram apresentadas 17 propostas. Conforme o grupo teve conhecimento, percebeu que algumas delas poderiam estar relacionadas e, por isso, as propostas foram reduzidas a 11”.

Todas as pautas foram apresentadas à Comunidade Portuária e após votação, foram escolhidas: Integração e padronização de dados atores públicos e privados; Rastreabilidade ponta a ponta; Gestão rodoviária, autos e ferrovia; e Gestão canal. “Uma próxima reunião está agendada para o dia 20 de fevereiro e estes temas serão detalhados e melhor analisados para implantarmos no sistema”, explicou Botelho.

O Porto de Santos está entre os quatro portos brasileiros que vão participar da construção do Port Community System. O projeto é viabilizado pelo Prosperity Fund, fundo de investimento britânico para países em desenvolvimento. O objetivo é diminuir o tempo de importação e exportação de produtos, reduzindo em dois dias a importação e, para um dia, as exportações.

Para isso, o fundo contratou um consórcio de empresas para promover estudos para a futura implantação do programa no Brasil. A verba será investida na construção de uma plataforma que reunirá os programas já existentes e utilizados por autoridades portuárias.

Responder