Edição 285Outubro 2018
Quinta, 15 De Novembro De 2018
Editorias

Publicado em 20/07/2018 - 12:58 pm em | 0 comentários

Divulgação

Áreas protegidas aderem à campanha “Um Dia no Parque”

Parque Nacional da Tijuca: iniciativa da Rede Pró UC

Áreas protegidas aderem à campanha “Um Dia no Parque”

Como integrante da Coalizão Pró-Unidades de Conservação, a Fundação SOS Mata Atlântia apoia a campanha “Um Dia no Parque”, que acontece domingo em mais de 30 Unidades de Conservação (UCs) brasileiras, sendo 15 parques nacionais. Inspirada pela National Park Week, dos Estados Unidos – quando americanos se dirigem aos parques para acampar, fazer trilhas, observar pássaros, estrelas e aproveitar os parques nacionais – a campanha tem o objetivo de mostrar às pessoas que perto delas provavelmente há uma UC e que ali é possível praticar diferentes atividades, tanto sozinho como em grupo.

O Brasil é o país com a maior biodiversidade do planeta, e cerca de 2.500 Unidades de Conservação ajudam a proteger este patrimônio. Porém, com exceção de parques mais conhecidos, como os Parques Nacionais da Tijuca, Iguaçu, Chapada Diamantina, Chapada dos Guimarães e Fernando de Noronha, a maior parte é pouco frequentada pela população. A campanha quer mudar esta realidade e levar os brasileiros para os parques nacionais.

Algumas áreas protegidas que contam com fundos da SOS Mata Atlântica para apoio à gestão, implementação do plano de manejo e conselhos, participam da campanha. São elas: Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais (AL), os parques nacionais da Serra da Bodoquena (MS), da Tijuca (RJ) – o mais visitado do país – e do Itatiaia (RJ), além da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo (SC).

O Parque Nacional da Tijuca, por exemplo, vai participar da ação com as já bem frequentadas trilhas e mirantes, além das cachoeiras, onde os visitantes podem tomar banhos refrescantes. Já na Serra da Bodoquena, em Bonito (MS), apesar de ainda não estar aberto à visitação, a UC vai levar 10 visitantes a uma incursão ao rio Salobra e à gruta Dente de Cão, acompanhados por alunos da UFGD e do Programa Sentinelas da Serra.

Além disso, alguns projetos apoiados pela ONG dentro de UCs também aderiram à campanha. Na Floresta Nacional de Ipanema (SP), os familiares dos funcionários foram convidados a visitar a Unidade com isenção da taxa de visitação – de forma a estimular a visita. No Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, o projeto Avifauna de Fernando de Noronha realizará uma observação de aves na trilha do Sancho, que leva a uma das mais belas praias do local.

“Queremos mostrar que o meio ambiente está mais perto do que as pessoas imaginam. Você não precisa viajar ao outro extremo do país para apreciar a natureza. Valorizar parques e reservas é reconhecer a importância das áreas verdes protegidas para nossas vidas”, afirma Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica.

Uma pesquisa realizada em 2014 pelo WWF-Brasil mostrou que a riqueza natural do Brasil é o maior orgulho de 58% dos brasileiros. A mesma pesquisa mostrou que 80% considera que a natureza não está protegida.

De acordo com Angela Kuczach, diretora-executiva da Rede Pró UC, este é um projeto de longo prazo: “Nosso objetivo é criar uma cultura de reconhecimento e valorização das Unidades de Conservação pela população brasileira. Então, assim como temos dias de conscientização e celebração, queremos estabelecer uma data para incentivar a visitação às Unidades de Conservação no Brasil”.

As atividades oferecidas pelas Unidades de Conservação estão disponíveis em www.unidoscuidamos.com/umdianoparque

A Coalizão Pró-Unidades de Conservação é um grupo de instituições que se propõe a congregar empresas e organizações da sociedade civil comprometidas com a valorização e a defesa das Unidades de Conservação da Natureza. Fazem parte da Coalizão: Rede Pró UC, Fundação SOS Mata Atlântica, Conservação Internacional – CI Brasil, Fundação Grupo Boticário, Imaflora, Instituto Semeia, WWF-Brasil, The Nature Conservacy – TNC Brasil e Imazon.