Edição 327Abril 2022
Terça, 17 De Maio De 2022
Editorias

Publicado na Edição 324 Janeiro 2022

Incentivar colaboradores a empreender

Ter modelos de trabalho consolidados e pouco flexíveis pode deixar uma instituição atrasada em relação à concorrência, exigindo inovação nas empresas. Um conceito chave nesse processo é o intraempreendedorismo, conforme explica o especialista em Inovação, Criatividade e Excelência Operacional Marco Santos, da Marco Santos Pro.

Trata-se de um método adotado por empresas quando um funcionário age como empreendedor. Esse processo pode envolver tanto a criação de um novo negócio ou mesmo um empreendimento dentro de uma organização já estabelecida. “Nem sempre é preciso (e nem possível) ter contribuições disruptivas diariamente. A maioria das ações pode acontecer no dia a dia, em melhorias incrementais, que podem ser sugeridas por apenas um colaborador e que, quando somados os resultados dessas ações, observa-se a diferença que faz no final”, explica o especialista, ao listar quatro passos para aplicar o intraempreendedorismo e estimular novas ideias dos funcionários dentro do ambiente empresarial.

1 – Avaliar a cultura da empresa. A inovação deve ser um dos pilares de uma organização e ser constantemente incentivada pelos líderes, conforme explica Santos. 2 – Praticar a escuta criativa. Após a avaliação inicial, é necessário realizar o estímulo, a orientação e a prática da escuta criativa, ou seja, quando os líderes incentivam os colaboradores a dedicarem um tempo do trabalho para darem suas opiniões e sugestões de novas ideias. 3 – Implantar estratégias. A empresa deve montar um planejamento, que vai direcionar os pontos e desafios principais a serem trabalhados. 4 – Incentivar a mentalidade ativa do colaborador. Cada funcionário precisa contribuir nesse processo, já que deles também dependem os esforços para que essa cultura seja uma realidade.

Responder