Edição 293Junho 2019
Segunda, 15 De Julho De 2019
Editorias

Publicado na Edição 293 Junho 2019

Leandro Ayres

Pintando com a luz

É essencial que o local esteja privado de luz...

Pintando com a luz

Leandro Ayres

PARA alguns, a fotografia é a resposta mais imediata para quem gosta de artes visuais e deseja produzir imagens. Sim, porque para colocar uma bela paisagem ou retrato na tela, o pintor precisa de habilidade com os pincéis e o fotógrafo, usando um celular ou câmera no modo automático, tem apenas que enquadrar e apertar o botão. Não desmerecendo a categoria, da qual me incluo, mas é fato que qualquer cidadão é capaz de fotografar um lindo pôr do sol na praia, mas não conseguiria reproduzir a cena em um canvas, a menos que se trate de um prodígio artístico.

Esta consideração é apenas para dizer que existe uma técnica que praticamente une ambas as artes, fotografia e pintura. Me refiro ao “light painting” ou “pintar com a luz”, em sua tradução mais direta. Esta técnica nasceu praticamente junto com a fotografia, pois nesta época as fotos eram obtidas através do que chamamos de “longa exposição”, quando o obturador da câmara escura fica aberto por bastante tempo, o suficiente para a luz imprimir uma superfície fotossensível.

No light painting é essencial que o local esteja completamente privado de luz para que o fotógrafo possa usar uma pequena fonte de luz, pode ser uma lanterna, como se fosse um pincel para conseguir efeitos dos mais diversos durante o tempo programado em que o obturador permanecerá aberto. Aqui a criatividade é a palavra-chave para fotos incríveis. Como tudo está imerso na escuridão, apenas o que o fotógrafo iluminar com o seu “pincel de luz” vai aparecer na foto, podendo assim dar contornos e cores diferentes para os móveis da sala por exemplo, fazer rastros de luz, desenhar símbolos no ar, fazer diversos registros da mesma pessoa na mesma foto, enfim, as possibilidades são infinitas.

Como estamos falando em fotografia de longa exposição, manter sua câmera imóvel durante a captura da foto é primordial, por isso faz-se necessário o uso de um tripé; ou pode deixá-la apoiada sobre qualquer coisa plana que não se mova. Para ter sucesso com esta técnica usando um celular é preciso usá-lo no modo manual, ou ainda baixar um aplicativo específico para fotos deste tipo, como o “long exposure”, que é gratuito e fácil de operar.