Edição 294Julho 2019
Sábado, 24 De Agosto De 2019
Editorias

Publicado na Edição 288 Janeiro 2019

Divulgação

Minha primeira câmera!

Canon e Nikon juntas detiveram 86% do mercado em 2018

Minha primeira câmera!

Leandro Ayres

O TÍTULO exprime uma decisão muito importante. Pode significar o começo de uma carreira profissional ou apenas o desejo de fazer um up grade na qualidade das suas fotos, para deixar seu instagram mais atraente. Seja como for, é preciso ter algumas informações sobre as chamadas DSLRs de entrada.

Estas câmeras têm esta denominação por atuarem com o sistema de espelhos e vidros basculantes (Digital Single Lens Reflex), diferentemente das compactas que atuam usando visor ótico eletrônico. Tá, e daí? Daí que a qualidade do que se registra muda bastante. O resultado final de uma DSLR é muito superior se comparado com as câmeras compactas ou celulares. O sensor de uma câmera de entrada é muito mais sensível, com capacidade aumentada de detalhamento e do espectro de luz. Não vou entrar em detalhes sobre os tipos de sensores, pois cada modelo tem o seu e caberá ao interessado ler o seu release na internet. “De entrada” porque são mais baratas, portanto mais acessíveis para o consumidor.

As marcas Canon e Nikon juntas detiveram 86% do mercado em 2018, sendo a Canon detentora de 58% da fatia, deixando a Nikon com 28%. Outras marcas como Sony (5%) e a tradicional Leika (2%) atuam como mero figurantes. Sendo assim, vou concentrar as minhas considerações nas marcas líderes de mercado, com base na fonte fotografiadicas.

A Canon distribui hoje um portfólio com 6 DSLRs de entrada. A mais barata, o modelo T5 que acompanha uma lente 18-55mm f 3.5/5.6 EF-S II sai no site oficial da Canon do Brasil por R$ 1.599. A melhor DSLR neste segmento é o modelo EOS Rebel SL2 EF-S 18-55mm IS STM, que sai pela quantia de R$ 2.959,52. Embora ambas possuam a mesma objetiva em seus kits, a diferença de valor se explica pela robustez da construção, tipo de sensor usado e dos dispositivos eletrônicos integrados, como wi-fi e bluetooth, para a transmissão de dados.

O modelo de entrada mais barato da Nikon é o Kit Câmera Nikon D3400 com lente Nikkor 18-55mm VR + 70-300mm ED, custando entre R$ 2.300 e R$ 2.600. Já que a Nikon encerrou suas atividades de fabricação no Brasil em setembro de 2018, este valor foi conseguido por meio da consulta em diversos sites de venda desses produtos. Na outra ponta, o modelo mais equipado, a D5600 com lente Af-p Dx 18-55mm Vr sai entre R$ 3.300 a R$ 3.900.

É muito importante, porém, não basear a sua decisão de compra apenas pelas especificações técnicas. É preciso manusear ambas, perceber com qual você sente mais facilidade de acessar os comandos e a que apresenta o grip mais confortável. Logo, não recomendo comprar a sua primeira câmera através de lojas virtuais sem antes senti-la na loja real.