Edição 301Fevereiro 2020
Sábado, 22 De Fevereiro De 2020
Editorias

Publicado na Edição 298 Novembro 2019

Raimundo Rosa/Secom-PMS

Documentos para consulta

Documentos textuais, cartográficos e iconográficos

Documentos para consulta

ENTRE manuscritos, livros, testamentos, escrituras, mapas e registros, a história de Santos é contada por diversos ângulos e formatos nos mais de 60 mil documentos disponíveis para consulta no Arquivo Permanente, da Fundação Arquivo e Memória de Santos (FAMS). Os documentos mais acessados são atas da Câmara de Vereadores, certidões de óbito e processos administrativos.

Segundo a historiadora do Arquivo Permanente, Lilliam Tavares, a crescente procura se deve às ações de educação patrimonial que a instituição vem divulgando nas redes sociais: “Recebemos grupos escolares a partir do ensino fundamental, para os quais falamos sobre a história de Santos e a importância da preservação dos documentos que contam essa história”. A expectativa é que os números continuem aumentando: “Nosso trabalho é realizado para que a sociedade possa conhecer e utilizar nossos acervos, mantendo a história e a memória da Cidade sempre vivas”.

O Arquivo Permanente funciona na Rua Amador Bueno, 61, Centro Histórico, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas. As visitas podem ser agendadas através do telefone (13) 3213.1730. Já o Arquivo Intermediário está na Rua da Constituição, 62, Centro, que abriga 2,5 milhões de processos administrativos da Prefeitura, datados desde 1936 até hoje. Funciona das 9 às 17 horas, de segunda a sexta-feira, telefone (13) 3223.4873.

Responder