Edição 271Agosto 2017
Quinta, 21 De Setembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 262 Novembro 2016

Divulgação

T8, a van executiva mega confortável

Câmbio manual, de seis marchas, é curto, fixado ao painel e de fácil manuseio

T8, a van executiva mega confortável

Nelson Tucci

A classificação é de “minivan”, mas a sensação de quem dirige, em um primeiro momento, é de estar pilotando um miniônibus. O bicho é grande: mede 5,1 m e pesa 2.100 kg. Para arrastar tudo isso é necessário um motor potente. E nisso a Jac acertou com o T8. Dotado de um motor 2.0 turbo, tem 175 cv de potência e um bom desempenho.

Se for usado depois de uma festa, só com amigos do peito, cabem mais de 15 pessoas, mas o veículo é projetado para sete lugares. Os bancos do meio são extraordinários, giram 180° e se movimentam sobre trilhos. O de trás é para três pessoas, rebatível, e o porta-malas é um sonho para qualquer família que faz compras de mês no supermercado. Ou, para um grupo de executivos (a proposta), transportando malas e apetrechos diversos.

Banco e volante reguláveis eletronicamente, assim como os espelhos externos, proporcionam conforto ao motorista. A visibilidade geral é boa. A câmera de ré funciona muito bem, assim como o sensor de portas e de estacionamento. O câmbio, manual, de seis marchas, é curto e fixado ao painel, sendo de fácil manuseio. A suspensão é macia, democratizando o conforto para todos.

Na estrada, a sensação é que o T8 foi produzido para andar abaixo de 100 km/hora. A tração traseira é bem tranquila para motoristas mais experientes, cabe destacar. O consumo, para um motor turbo 2.0, e um veículo deste tamanho, esteve dentro da expectativa durante nossa avaliação: máximo de 6,5 km/l na cidade e 9,1 km/l na estrada. O T8 só funciona a gasolina.

Leia Veículos & Negócios atualizada semanalmente em www.veiculosenegocios.blogspot.com.br