Edição 327Abril 2022
Quinta, 26 De Maio De 2022
Editorias

Publicado na Edição 327 Abril 2022

62% dos consumidores desistiram de uma compra

62% dos consumidores desistiram de uma compra

Pesquisa sobre tendências de CX (sigla para customer experience e que significa em tradução livre “experiência do consumidor”) mostrou que 62% dos consumidores desistiram de uma compra por conta de uma experiência ruim durante o processo de aquisição de um serviço ou produto, revela o anuário da CX Trends 2022, realizado pela Octadesk em parceria com a Opinion Box. “Diversos fatores podem estar ligados a este sentimento, como atendentes mal preparados, tempo de resposta muito longos, site lento e até mesmo falta de canais de atendimento”, comenta Rodrigo Ricco, CEO da Octadesk.

Atendimento pelo telefone 162 da Ouvidoria Municipal de Santos foi ampliado em quatro horas, estendendo-se agora das 7 às 19 horas, de segunda a sexta-feira. Os registros no órgão, como reclamações, sugestões, elogios ou críticas podem ser feitos também no portal da Ouvidoria, em www.santos.sp.gov.br/ouvidoria, ou presencialmente, no Paço Municipal, na Praça Mauá s/nº, térreo, de segunda a sexta, das 8 às 18 horas.

Com 33 bilhões de latas recicladas em 2021 (415,5 mil toneladas), Brasil bate recorde e atinge índice de 98,7%, mantendo o país no ranking dos que mais reciclam no mundo esse tipo de embalagem, informa Recicla Latas, a entidade criada pelos fabricantes e recicladores de latinhas para aperfeiçoar o sistema de reciclagem das latinhas.

Novas regras para venda de carne pré-moída por estabelecimentos comerciais do estado de São Paulo entraram em vigor em abril com a assinatura do decreto nº 66.634, conforme proposta de mudança apresentada pelo Procon-SP e Vigilância Sanitária a pedido da Associação Paulista de Supermercados (APAS). O decreto autoriza a venda e estabelece normas de produção e de armazenamento, definindo prazo de validade, insumos que poderão ser utilizados, como deve ser a embalagem e rotulagem do produto, entre outros.

Foram lavradas 219.459 escrituras em 2021 no Brasil, contra 156.706 no ano anterior, um aumento de 62.753 documentos, segundo o Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal. O número é baixo, pois embora exista a obrigatoriedade da lavratura de escritura pública para compra e venda de imóvel de valor acima de 30 salários mínimos, alguns mecanismos podem burlar essa obrigação, como o uso de instrumento particular de promessa de compra e venda, que prorroga a lavratura da escritura e permite uma transferência de direitos sem plena publicidade.

CARTAS para esta coluna: Jornal Perspectiva, Consumidor & Cidadania, e-mail: redacao@jornalperspectiva.com.br

Responder