Edição 308Setembro 2020
Sexta, 25 De Setembro De 2020
Editorias

Publicado na Edição 298 Novembro 2019

Sandra Netto

Som binaural personalizado

Wladmir: feedbacks excelentes

Som binaural personalizado

Opção na busca de saúde e bem-estar, o som binaural ajuda o cérebro humano a entrar mais rapidamente em meditação, propiciando benefícios similares para quem o ouve e para quem medita. Também conhecido por frequência binaural, o som binaural foi descoberto em 1839 pelo cientista alemão Heinrich Wilhelm Dove, ao constatar que quando o cérebro é exposto a duas frequências diferentes, uma em cada ouvido, ele sincroniza essa variação entre os hemisférios direito e esquerdo, o que resulta em efeitos terapêuticos.

Após sofrer um acidente, o músico Wladmir Faria Bollzher realizou pesquisas com o uso de sons binaurais que baixava gratuitamente na internet e percebeu que várias frequências o ajudavam no processo de cura de alguns sintomas, melhora do sono, redução de stress e ansiedade. “Como conheço tecnologia e música digital foi fácil utilizar os equipamentos de ponta que tenho para analisar as frequências que estava utilizando”, explicou: “Foi quando percebi que boa parte das frequências disponíveis para ouvir gratuitamente não correspondiam às frequências que diziam ser. Portanto, os efeitos não eram os esperados e algumas até mesmo sequer eram verdadeiramente binaurais”.

Diante disso, aprendeu a desenvolver seus próprios binaurais e a mudança nos resultados surpreendeu, passando a dormir com tranquilidade e obtendo sensível redução no stress, depressão e ansiedade. “Está cada vez mais comprovado os efeitos terapêuticos da música, de alguns tipos de sons e ondas, em particular as frequências binaurais”, constatou Wladmir.

Otimista, ele criou um site para divulgar a tecnologia, passando a produzir arquivos de qualidade para download gratuito e para oferecer o desenvolvimento da tecnologia personalizada. “Tenho excelentes feedbacks das pessoas que experimentam tanto as frequências disponíveis para download quanto as personalizadas. Num desses depoimentos, uma senhora que sofria de insônia há mais de 10 anos passou a utilizar o som binaural personalizado e em pouco tempo reduziu a quase 10% os medicamentos que tomava, além de ter um sono de melhor qualidade”.

Entre as pesquisas que ganharam destaque mundial, o artigo “Auditive Beats In The Brain” (Scientific American) do biofísico Gerald Oster, realizado no Hospital Monte Sinai, em Nova Iorque, em 1973, comprovou que o estímulo produzido no cérebro em virtude das frequências binaurais melhora seu funcionamento. Mais em www.binauralmax.com.br

Cérebro é exposto a duas frequências diferentes

Responder