Por que acordamos com mau hálito? – Jornal Perspectiva
Edição 282Julho 2018
Terça, 21 De Agosto De 2018
Editorias

Publicado na Edição 280 Maio 2018

Por que acordamos com mau hálito?

Mesmo após realizar uma higienização completa, com a escovação dos dentes, língua e bochecha, uso do fio dental e do enxaguante bucal, é praticamente inevitável acordar com aquele desagradável mau hálito. Segundo Rosane Menezes Faria, dentista da Odonto Empresas, o principal motivo está relacionado com a brusca diminuição da salivação que acontece durante o sono: “Esse processo, aliado ao ambiente úmido e com pouca movimentação, causa um aumento considerável da proliferação de bactérias presentes na boca. À medida que elas se alimentam de micropartículas de comida que, inevitavelmente, permanecem nos dentes em um passo natural do processo de digestão, resultam na halitose”.

Outro fator consiste no longo período de jejum durante o sono. Mesmo que seja impossível acordar de manhã com um aroma de menta na boca, Rosane relaciona algumas práticas que podem amenizar o mau hálito: “Nunca deixe de realizar a higienização completa da boca e língua antes de dormir e, em hipótese alguma, se esqueça do fio dental. Beber bastante água antes de dormir também é fundamental, uma vez que quando deixamos de ingerir o líquido, as glândulas salivares não produzem a quantidade de saliva adequada”.